blog do luiz fernando roxo.
investir em dolar no Brasil
Início » Como investir em dólar?

Como investir em dólar?

investir em dolar no Brasil

Você sabe como investir em dólar? E conhece os motivos pelos quais você deveria considerar incluir a moeda estrangeira na sua carteira de investimentos?

Pois bem, em tempos de crise, é normal que as pessoas busquem opções de investimentos para ampliar seus ganhos e mesmo proteger a carteira. E, ao investir em dólar, você dá uma bela tacada nestas duas direções.

Sendo que a proteção da sua carteira de investimentos é o quesito que mais deve ser pesado quando você decide investir na moeda americana.

E para quem quer começar a investir em dólar, mas ainda tem algumas dúvidas, este é o lugar certo.

É possível investir em dólar no Brasil? Como começar? Quais são as opções de investimento? Nesse artigo, tiramos todas as dúvidas enviadas por vocês sobre a moeda estrangeira que é conhecida como o porto seguro das finanças.

O que faz o dólar ser valorizado?

Investir em dólar, antes de mais nada, é a busca pela proteção perante as incertezas do mercado, como a pandemia do coronavírus. Tais incertezas fazem investidores do mundo todo buscarem manter reservas em dólares ou mesmo diversificarem seus investimentos em uma moeda mais forte.

E por ser uma prática global, existe um movimento enorme de investidores pessoas físicas ou jurídicas de diversos países buscando dólares. E isso torna a moeda norte-americana muito valorizada.

Quando muita gente está interessada em comprar uma mesma ação, ela sobe de preço, certo? Pois bem, a mesma coisa acontece com o dólar. 

Quem investiu em dólar antes da pandemia…

Neste ano de 2020 ficou ainda mais evidente a importância da moeda americana para a segurança da carteira de um investidor.

Se você tivesse investido em dólares no final de dezembro de 2019, ao final de março de 2020 você teria acumulado ganhos de mais de 35%. Ou seja, muito mais que qualquer ativo de renda fixa e, provavelmente, mais que muitos fundos de investimento da sua carteira. 

Um ganho de 35% em época de baixa nos juros, onde a renda fixa paga quase o mesmo que a poupança, é um rendimento fabuloso. E tenho certeza que você quer!

Portanto, chegou a hora de você aprender como investir em dólar. E eu vou ensinar aqui o passo a passo.

Por que investir em dólar?

Porque investir em dólar vale a pena! Isso é o que muitos brasileiros aprenderam neste ano de 2020. Com pandemia e retração econômica, quem não tinha dólar na carteira para se proteger, passou muito susto.

Isso porque por vários meses a bolsa americana subiu e a bolsa brasileira não. Pelo contrário, a bolsa brasileira despencou.

Além disso, durante a crise do coronavírus, os mercados globais enfrentaram uma queda muito aguda e rápida.

No caso da nossa bolsa de valores, ela amargou quedas de 60%, 70%, enquanto o dólar no país teve um ganho que compensou a queda.

Já pensou se você tivesse uns dólares na carteira?

Qual é o perfil de quem quer investir em dólar?

A alta da moeda no período chamou a atenção de pessoas interessadas em aprender como investir em dólar, certamente porque buscavam proteção e ganhos.

E cada vez mais brasileiros estão conseguindo investir em dólar. Os custos de remessa cada vez mais acessíveis, assim como a facilidade para enviar dinheiro para o exterior, estão contribuindo para este cenário.

Hoje o brasileiro que conta com mais de R$ 5.000,00 já pode, também, pensar em investir em dólar, enviando diretamente o valor e operando lá.

Até mesmo com menos que isso já é possível comprar cotas de fundos cambiais na bolsa brasileira, que são fundos atrelados ao dólar.

Estes fundos apresentam cotas mínimas de R$ 500,00 e R$ 1.000,00. Um valor bem acessível para muitos investidores brasileiros.

Vantagens de investir em dólar

As vantagens de investir em dólar são muitas e listamos algumas a seguir:

  • Proteção ao risco cambial: se o real se desvaloriza perante ao dólar, as cotas do fundo cambial se valorizam e você neutraliza seu risco “real – R$”, vamos dizer assim.
  • Ao enviar dinheiro para fora direto do Brasil, você consegue investir em dólar em uma quantidade muito maior de modalidades de investimento e aproveitar um número muito maior de produtos financeiros.
  • Tanto investindo em fundo cambial, quanto enviando o dinheiro e investindo igualmente nos Estados Unidos, você pode ter vantagens com imposto de renda.
  • Você pode participar do que existe de mais sofisticado em termos de investimento em dólar, mas com taxas atrativas.

Como investir em dólar?

É importante que você entenda, que comprar e investir em dólares não é a única forma de investimento na moeda norte americana. Você pode, por exemplo, enviar dinheiro para os EUA e comprar euros, com os dólares que você adquiriu. Você já tinha pensado nisso antes?

Sim, exatamente! Ao fazer uma remessa para os Estados Unidos, você pode até investir na bolsa brasileira, só que em dólares.

O que te faria ganhar com o rally da nossa bolsa e ao mesmo tempo se proteger de uma forte desvalorização do real.

Ao longo deste artigo, você aprenderá como enviar dinheiro para fora do país para conseguir investir em dólar e como poderá investir e rentabilizar o seu capital, além de se proteger das desvalorizações da moeda brasileira.

Aprenderá também a se expor ao dólar sem ter necessariamente de enviar o seu dinheiro para fora do país, já que aqui no Brasil também existem diversas formas de ganhar com o dólar.

1 – Ações da bolsa americana.

investir em dolar na bolsa americana

Sabia que é possível investir na bolsa americana sem sair do Brasil? E ter acesso as ações das maiores empresas do mundo, como Google, Apple, JP Morgan, etc…

Para isso, existem duas formas:

  1. Abrir conta em uma corretora extrangeira, como a TastyWorks, a ThinkorSwim, o Interactive Brokers, e enviar remessas em real para esta corretora.
  2. Abrir conta em um corretora como a Avenue, que permite que você faça a transferência direto do seu banco do Brasil para os Estados Unidos (as taxas são maiores, mas acaba sendo mais conveniente).

Ao se cadastrar em uma corretora internacional, você poderá investir em ações americanas normalmente, em um sistema muito parecido com o da sua corretora brasileira.

Um ponto importante! Com relação ao “form W8-BEN”, que você deve preencher quando estiver operando ações na bolsa americana, você garante a isenção de Imposto de Renda sobre o ganho de capital pelo lucro na venda de ações.

A tributação é feita somente no Brasil, de 15% sobre os ganhos, sendo que ganhos de até R$ 35.000,00 por mês são isentos. Por conta disso, sempre que seus rendimentos estiverem chegando a este patamar, vale vender a ação ao final do mês e recomprá-la no incío do mês seguinte.

2 – Mercado futuro.

Existem contratos futuros de moedas, commodities, índices, bem como o próprio S&P500 e a NASDAQ. Até mesmo bitcoin e criptomoedas possuem contratos futuros. Estes contratos permitem ganhar dinheiro a partir da expeculação sobre o valor do ativo em datas futuras.

Uma verdadeira legião de brasileiros já opera contratos futuros em dólar sem sair do Brasil. Através de plataformas e corretoras, compram e vendem contratos inteiros ou fracionados em operações de day trade ou swing trade.

Você pode comprar minicontratos futuros de dólar diretamente pelo homebroker de sua corretora, na B3 e usar análise técnica para isso. Os contratos são derivativos e, portanto, têm prazo e regras próprias.

O mini contrato de dólar equivale a 20% do valor contrato cheio e, como em todo contrato futuro, você comprará no futuro por um valor prefixado agora.

É preciso ficar atento para não entrar numa roubada, ou pirâmide, que usa muito forex e coisas assim, certifique-se de que você está operando por meio de uma plataforma correta e idônea. O home broker da sua corretora, definitivamente, é a melhor ótima opção.

Antes de mais nada, contratos de futuro são espécies de derivativos com prazos e regras próprios, e oferecem oportunidades aos analistas de gráficos de preços e tape readers. Investimento relativamente pouco.

3 – Fundo Cambial.

Caso não queira tirar dinheiro do Brasil, você pode investir em dólares através de fundos indexados pela própria corretora de valores, chamados de Fundos Cambiais.

São também chamados de Fundos de Dólar, que são fundos compostos por ativos atrelados à moeda norte americana. Estes fundos são uma alternativa para quem quiser ganhar com as altas do dólar, mas não planeja comprar dólares, nem mesmo enviar dinheiro para o exterior e operar diretamente por lá.

Existem inúmeros fundos desta natureza operando no Brasil. O banco BTG Pactual oferece muitas opções de Fundos Cambiais ao investidor brasileiro, mas você pode encontrar essa opção em praticamente qualquer corretora (XP, Rico, Clear, Modal, etc). 

Para ver a lista dos Fundos Cambiais oferecidos pelo BTG Pactual. Ao entrar na página, basta selecionar a opção “Fundo Cambial” no filtro.

A aplicação mínima nestes fundos em geral começa em R$500,00. Esse, inclusive, é valor de aplicação mínima do Fundo Dólar Cambial Fia, que até o momento (setembro de 2020), rendeu 32% nos últimos doze meses. 

Este fundo possui taxa de administração de apenas 0,10% e não possui taxa de performance. Ou seja, bem acessível, mesmo para quem está começando a investir.

O Imposto de Renda é pago somente no resgate, de acordo com as mesmas regras do imposto de renda sobre Fundos de Renda Fixa. Ele vai de 22,5% sobre a rentabilidade, para aplicações de até 180 dias, à 15%, para aplicações com prazo superior a 720 dias.

4 – ETF’s.

Outra forma de investir em dólares é através de Exchange Traded Funds (ETF’s ), que são fundos que emulam o comportamento de índices ou ativos.

Existem ETF’s atrelados ao índice S&P500, como por exemplo o IVVB11.
ETF’s como este são negociados na própria B3, a bolsa de valores brasileira.

O ETF é mais uma das opções bem simples de se investir em dólar no Brasil sem precisar enviar dinheiro para o exterior. 

4 – Fundos de Investimento.

Você também pode investir em dólar no Brasil a partir de fundos de investimento, como o Vitreo Dólar, que oferece proteção e diversificação em dólar e cobra uma taxa de administração de 0,5% ao ano.

O investimento mínimo é de R$ 1.000,00 e a movimentação mínima é de R$ 100,00. As aplicações neste tipo de fundo também podem ser feitas a partir da sua corretora brasileira.

5 – REIT’s.

Os REIT’s são Real Estate Investment Trust, ou seja, são os Fundos Imobiliários norte americanos e eles também são uma boa opção para quem deseja investir em dólar.

Com essa modalidade de investimento, é possível receber lucros com alugueis e se expor ao mercado imobiliário americano.

Para investir em REIT’s é preciso ter uma conta em uma corretora que opere nos Estados Unidos.

Veja o retorno de alguns dos principais REIT’s e avalie se vale a pena se expor ao dólar nessa modalidade:

investir em dolar hoje
Fonte: Nareit (National Association Of Real Estate Investment Trusts).
*até março.

6 – Renda Fixa em dólar.

A Renda Fixa em dólar costuma pagar um prêmio maior ao investidor, uma vez que ele abre mão de resgatar o seu capital investido por um tempo maior. 

Por exemplo, os títulos do Tesouro, conhecido como Treasury Bonds de 30 anos, geralmente pagam um ponto percentual ou dois a mais do que as notas do Tesouro de cinco anos.

O motivo: um título de prazo mais longo acarreta maior risco de que uma inflação mais alta possa reduzir o valor dos pagamentos. Bem como um maior risco de que taxas de juros mais altas nos Estados Unidos possam fazer com que o preço do título caia.

Sendo assim, os títulos com vencimento de um a dez anos são suficientes para a maioria dos investidores de longo prazo. Eles rendem mais do que os títulos de curto prazo, portanto e são menos voláteis do que as emissões de longo prazo.

Você pode investir como estrangeiro, tudo começa com o preenchimento do W-8BEN (um formulário).

  • Com isso você garante a isenção de imposto sobre o ganho de capital pelo lucro na venda de ações.
  • A tributação é feita somente no Brasil, sendo 15% sobre os ganhos, com isenção para até R$ 35.000,00 investidos por mês.

Quais os tipos de cotação em dólar?

como investir em dolar

Dólar comercial.

É a cotação com paridade na moeda brasileira usada pelo Banco do Brasil como padrão nas transações.

Dólar turismo.

O dólar turismo é aquele praticado pelas casas de cambio e estabelecimentos hoteleiros.

Ele é mais caro que o comercial porque incorpora taxas, impostos, etc…

Dólar futuro.

O dólar futuro é uma commoditie financeira negociada em bolsa.

São negociados através da B3, são muito populares, os códigos dos contratos futuros são DOL (cheio) e WDO (mini).

Dólar PTAX ou a vista.

Quatro vezes ao dia o Banco Central consulta para calcular a taxa média (entre 10h e 10h10; entre 11h e 11h10; entre 12h e 12h10; e, por fim, entre 13h e 13h10).

O BC calcula a média da taxa de câmbio e a divulga. A Taxa Ptax é a média desses valores destas consultas. Ela pode ser consultada diretamente pelo Banco Central.

Conversor de moedas.

O Banco Central do Brasil oferece um conversor oficial de moedas, onde você poderá consultar a cotação do dólar e de outras moedas estrangeiras.

Quando vale a pena investir em dólar?

Antes de mais nada, investir em dólar a longo prazo é uma forma de aumentar a sua riqueza,  formar a sua aposentadoria ou mesmo a tão sonhada liberdade financeira.

Por isso, sempre vale a pena investir em dólar quando você trabalha com um horizonte de prazo maior. 

Como os Estados Unidos são um país bastante completo em termos de investimento, as opções são muitas realmente. Longo prazo em inglês é “long term” e o investimento com este horizonte de tempo é muito comum para o cidadão norte americano médio.

Lembrando que lá a aposentadoria é feita de forma bastante diferente daquela feita no Brasil. A principal diferença? É muito comum ver o americano médio investindo em previdência privada para complementar a aposentadoria.

Da mesma forma que costumam receber até 44% do último salário através da previdência pública.

Cada vez mais brasileiros estão fazendo um “pé de meia” em dólar, ou complementando sua aposentadoria investindo nos EUA.

Onde investir com o dólar em alta?

Se o dólar está em alta, você pode investir na bolsa brasileira em dólar. A partir de uma corretora americana.

Ou mesmo pode operar vendido em mini-contratos de dólares, se você está convencido de que o real irá se valorizar frente ao dólar. Mas você deve saber que especulações são sempre muito arriscadas e devem ser feitas sempre com a mão pequena…

Onde investir em dólar em 2020.

Quem investiu em dólares no final de 2019 passou ileso pelo “corona crash”, porque apesar da queda nos mercados, ganhou a alta da moeda americana frente ao real.

Assim como quem investiu em títulos prefixados do Tesouro Direto de longo prazo, que teve muitas vantagens com as quedas seguidas nas taxas de juros, pois estes ativos mantiveram as taxas anteriores prometidas no momento da compra.

Uma boa forma, portanto, de guardar seu caixa, aquele para aproveitar os melhores momentos e oportunidades apresentadas pelas grandes quedas, são justamente os títulos conservadores nos Estados Unidos, que é mais uma modalidade de investimento em dólar.

Outras formas de se investir em dólar são:

  •  Investir em ouro dolarizado, por meio de fundos de investimentos;
  •  Investir nos long term bonds, a renda fixa de longo prazo nos Estados Unidos da América, que você pode comprar mandando dinheiro e investindo pelo site diretamente, é parecido com o nosso Tesouro Direto.

Quais são os riscos de se investir em dólar?

Os riscos de se investir em dólar são o risco cambial, ou seja a moeda brasileira se valorizar frente ao dólar, isso costuma ocorrer durante longos rallys de alta da bolsa brasileira.

E mesmo o risco de uma quebra da economia americana, embora os Estados Unidos passem esta imagem de fortaleza, entretanto sejam o país mais endividado do mundo e um revés não seria impossível de ocorrer.

Como investir em contrato futuro de dólar passo-a-passo:

  1. abra a conta em uma corretora de valores.
  2. envie um valor.
  3. através do home broker adquira os contratos de dólar pelos códigos WDO e DOL.

Um quantidade verdadeiramente enorme de pessoas opera contratos de mini dólar todos os dias. Os day traders operam muito mini dólar, que tem lotes mais acessíveis.

O mini dólar (sigla WDO) corresponde a 20% do valor de um contrato cheio do dólar (sigla DOL) , cujo valor é R$ 50,00 por ponto. Já o WDO sai a R$ 10,00 por ponto.

A negociação mínima é R$ 20,00 e trata-se de um investimento de risco muito alto. 

Você pode usar WDO e WIN para fazer suas operações em minicontratos. WDO são justamente os contratos chamados de mini dólar e WIN os contratos de mini índice.

Eles apresentam uma oportunidade aos investidores menores, geralmente pessoas físicas, que executam suas especulações diretamente nos contratos futuros.

É importante entender que este tipo de operação é muito diferente do que estávamos lhe dizendo sobre a proteção ao risco cambial, já que os m inicontratos de dólar são uma ferramenta muito usada especialmente para especulações de curto prazo.

Ao contrário de proteger, eles podem arruinar seus investimentos.

Investir em dólar é um bom negócio?

Especialmente neste último grande evento de oscilação no mercado causado pelas incertezas surgidas com a pandemia, foi possível perceber que investir em dólar é sim um bom negócio.

Quem investiu em ouro dolarizado conseguiu se beneficiar enormemente do grande volume de negociações em dólar e em ouro, em busca de proteção e mesmo ganhos.

Desta forma estas pessoas conseguiram não só se proteger, como também ganhar bastante dinheiro com a moeda norte-americana.

O preço do próprio OZ1D, que é um contrato fracionado do grama do ouro, ofereceu proteção e ganhos neste evento do covid-19.

Vale a pena investir em dólar em 2020?

Eu costumo dizer que “nunca me arrependi de comprar dólar”.

Isso porque muita gente pensou que a moeda estava muito alta quando chegou aosR$3,00 e este ano chegamos a quase R$6,00. Ou seja… quase o dobro!

Por isso, este é um ponto importante: apenas “investir” em dólar, sem enviar dinheiro para fora, já traz retornos.

Agora, se o seu ponto de vista é ter acesso às melhores oportunidades de investimentos, e com mais liberdade, você pensará de outra maneira e vai querer operar direto nos Estados Unidos.

Para muitos, investir fora do país não é uma questão de escolha, simplesmente é muito melhor e cada vez mais acessível investir internacionalmente.

Então, sendo assim, a questão não será mais: investir em dólar ou não investir em dólar. E sim, investir melhor e diversificar fora do país.

Como enviar dinheiro para fora do país?

Para enviar dinheiro do Brasil para os Estados Unidos (para uma corretora americana, por exemplo) você pode usar os serviços de empresas como Remessa Online. Utilize o cupom roxousa para ganhar condições especiais na transferência.

Para começar a operar em dólar, utilize os serviços de plataformas completas como a TastyWorks, a ThinkorSwim, o Interactive Brokers e Avenue, uma corretora que aceita transferência direto da sua conta no Brasil.

Uma vantagem de investir por meio de corretoras internacionais é que o mercado de serviços a investidores é muito competitivo nos Estados Unidos e, por este motivo, eles buscam se especializar em atender bem e a um custo baixo ao investidor pessoa física.

Uma vez que você tiver conta aberta em uma destas corretoras, é bem fácil comprar ações, fundos e outros ativos.

Opções americanas.

Para quem tem interesse em investir em Opções nos Estados Unidos, eu apresento um programa semanal no meu canal do Youtube, chamado Opções EUA, justamente para mostrar o que tenho feito no mercado norteamericano e, portanto, em dólar.

Hoje em dia, existem muitas estratégias com Opções que podemos aplicar no mercado americano e com cerca de R$ 25.000,00 você já pode começar a investir nesta modalidade por lá.

Até mesmo uma quantia menor poderia já ser um bom ponto de partida. Inclusive, você pode até usar a estratégia do pozinho e estratégias similares àquelas usadas com opções, mas em dólar.

Ultimamente tenho feito muitas operações interessantes por lá: fiz um bigodon, um boi. Se quiser acompanhar cada uma delas, basta me acompanhar pelo canal ou dar um play neste vídeo que gravei para a Roxo TV.

Bitcoin em dólar.

O Bitcoin também pode ser negociado em dólar, o que ultimamente tem apontado para se tornar uma forma muito usada de buscar por segurança bem como liberdade.

Uma vez que o sistema financeiro internacional também pode apresentar problemas e dificuldades para o investidor.

E com a tendência mundial de baixa nas taxas de juros, igualmente a grande emissão de dívida, o superendividamento dos países pode terminar mal.

E em um cenário como esse, portanto de uma grande crise internacional, o Bitcoin em dólar também pode ser uma fonte de segurança.

Conclusão

Agora que você já sabe como investir em dólar, que tal incluir mais este ativo na sua carteira? Lembre-se de que a moeda funciona como proteção para seus investimentos, especialmente, em momentos de crise econômica.

  • Você pode investir em dólar no Brasil (direto da sua corretora brasileira) por meio de Fundos Cambiais, Fundos de Dólar e ETF’s.
  • É possível (e acessível) montar operações com opções em plataformas americanas, ou mesmo comprar ações de empresas ou índices em corretoras norte-americas.
  • Caso queira começar a investir em ações das maiores empresas do mundo, confira nosso guia para começar a investir na bolsa america.
  • Você pode enviar o dinheiro para os Estados Unidos facilmente a partir de ferramentas como Remessa Online.

    Leia mais:
    Como investir na bolsa americana sem sair do Brasil
luiz fernando roxo.

luiz fernando roxo.

6 comentários

siga-me

Não se acanhe! Entre em contato!