blog do luiz fernando roxo.

o que é o Balanceamento Dinâmico?

Antes de mais nada, é preciso ter um portfólio para ganhar dinheiro com balanceamento dinâmico.

E é bom que consiga identificar boas empresas para montar o seu portfólio. 

Aplicar o Balanceamento Dinâmico na sua carteira, é fazer um balanceamento das participações relativas.

O primeiro passo é determinar a porcentagem inicial, digamos que você definiu 70 % em Renda Fixa e os outros 30% na Bolsa.

Todas as vezes que a participação relativa da Bolsa aumentar muito foi porque a Bolsa subiu.

Se subiu para 38%, 40%, significa que subiu demais.

Com isso, você fará um ‘descasque’ do lucro que obteve:

• ou seja, vender o excedente daquela Bolsa e comprar um pouco da Renda Fixa

Mas que proporção usar?

Aí é que está o lance: tem que ser a proporção exata, em que uma parte você coloque no bolso para garantir o seu lucro e a outra parte você continue investindo na empresa de que gosta, e na qual acredita.

Para isso é que, na sequência, eu vou te explicar a estratégia barbell.

Proteger o capital e ganhar mais dinheiro com a estratégia Barbell.

Sabe o que é barbell

Barbell é peso de halterofilismo (peso de academia), em inglês.

Em português é haltere, que se fala.

O peso está nas extremidades.

Nada no meio.

Esse termo foi usado pelo Nassim Taleb, a quem considero mestre, para descrever uma filosofia de investimento que coloca todo o peso nas extremidades. 

Sendo um extremo o lado conservador e o outro, o lado agressivo.

De um lado, o recurso está em algo extremamente seguro e do outro lado no extremo volátil.

Para pagar de canequinha e ganhar de balde, é preciso ver o mundo de forma barbell e saber quais são os extremos que pagam melhor e que te dão mais liquidez.

Outro ponto importante demais é a dinâmica entre os dois pólos da sua alocação (portfólio).

É como se fossem vasos comunicantes!

Dinheiro é líquido.

Entenda o derrame para ganhar com balanceamento dinâmico.

Esses dois extremos se relacionam como vasos comunicantes que variam de altura, ora um é colocado pro alto e o dinheiro derrama.

Dá pra entender a imagem dos vasos comunicantes? Veja na ilustração abaixo:

A questão é o ‘derrame’.

Para ganhar dinheiro com balanceamento dinâmico, a questão é o derrame.

O derrame entre as pontas do barbell, as extremidades. 

Entre as pontas do seu portfólio.

Leia esse artigo para entender: carteira de investimento

No meu modelo, ‘o derrame é dinâmico porque o balanceamento é dinâmico’.

Misturei duas noções para compor a filosofia de investimento que estou te mostrando.

Estou falando da minha ferramenta.

A noção do balanceamento dinâmico é mais antiga, Benjamin Graham, que foi o professor dos fundadores da Coca-Cola e do Warren Buffett, já fazia e ensinava um rebalanceamento, décadas e décadas atrás, afinal.

Ele foi o professor das pessoas mais ricas do mundo e quando essas pessoas tiveram aulas com ele, a princípio, ainda não eram as pessoas mais ricas do mundo.

Eu escrevi um livro chamado “Benjamin e o poder do tempo” com esse título por causa dele.

Sobre o rebalanceamento, Warren Buffet disse algo assim, certa vez:

“Era algo tão simples, tão direto e óbvio, que dava vergonha de ensinar, porque as pessoas poderiam dizer: mas… é isso? Só isso? E me tomariam por simplório”.

A outra noção é o halter, ou barbell, do grande Nassim Taleb, a quem considero mestre.

A noção de nada no meio do Taleb nasceu sob uma influência do estudo sobre o impacto do altamente improvável.

 veja mais no livro: “Cisne Negro” de Nassim Taleb

Conceitos chaves para ganhar com balanceamento dinâmico.

Liquidez, potência, taxa de derrame, assimetria e convexidade positiva são conceitos chaves.

Temos o patrimônio dividido em extremos.

Um lado mais seguro e o outro mais incerto, volátil.

Essa relação oscila da mesma maneira que nos vasos comunicantes.

As porcentagens, enfim, oscilam com os rendimentos e as taxas de juros de um lado e do outro com o preço. Derramamos do lado ganhador ao perdedor.

Ao chegar nesse nível você irá usar o Balanceamento Dinâmico gerenciando o método na sua própria carteira de investimento, criando uma estrutura que ganha dinheiro e se protege de perdas. 

Foi para te ajudar a ganhar mais dinheiro que eu criei a ferramenta do Balanceamento Dinâmico no Excel e que você poderá usar nos seus investimentos.

Quer ter a planilha? Acesse: Canal do Roxo.

Ao mesmo tempo, gostaria de lhes dar uma boa notícia, estamos desenvolvendo um sistema online.

O segredo para conseguir aplicar da melhor maneira o Balanceamento Dinâmico é fazer muitos testes na planilha, estudar, dominar a ferramenta e usá-la para controlar suas posições, seus trades realizados e as ofertas de compra e venda.

Conheça e use a ferramenta para ganhar dinheiro com balanceamento dinâmico.

Essa é apenas a primeira versão de uma ferramenta que vai evoluir sem parar, eu a vejo como a primeira placa mãe do primeiro computador pessoal. 

As possibilidades de evolução desse método, que controla entradas e saídas parciais, dinamiza o portfólio, ajuda na diminuição do risco e na manutenção da opcionalidade da carteira são infinitas. 

Nos meus textos, posts, blog e vídeos, compartilho a minha visão sobre o potencial desse método e dessa ferramenta.

Desenvolvi uma ferramenta para ganhar mais dinheiro com balanceamento de portfólio, conheça para começar a usar também.

Tenho um método próprio chamado de Balanceamento Dinâmico e uma ferramenta para o controle do balanceamento dinâmico.

Neste texto já estou te mostrando como usar o método certo e a ferramenta ideal para ganhar mais dinheiro e proteger capital.

Na versão 1.0 da planilha de controle do balanceamento dinâmico, podemos fazer simulações dos ganhos.

Nela você pode definir a proporção desejada entre os dois lados extremos que compõem os seus investimentos, o lado conservador (ligado com a renda fixa) e o lado agressivo (ligado com a renda variável) (por ex: 50/50), o valor total a investir, o período a ser analisado (simulado) e a carteira/ação.

Segundo meu método, você irá determinar dois parâmetros importantes:

•‘Alfa; e ‘H’ (derrame).

O alfa é o percentual de variação da participação relativa do ativo que gerará uma compra, quando o preço deste ativo cair e ou o preço da Renda Fixa subir, sempre com base no negocio anterior.

Em uma proporção 50/50 e um alfa de 20%, o sistema fará o balanceamento quando a participação da renda variável chegar em 70% .

Ajustando o “h” e o “alfa”, para ganhar com o balanceamento dinâmico.

Da mesma forma, o ‘H’ (derrame) é o quanto das ações ou dos títulos de renda fixa será comprado e vendido em cada negócio, igualmente em comparação com a variação das participações.

Em suma, se temos um ‘Alfa’ de 5% e um ‘H’ de 100%, significa que a cada vez que a participação relativa subir 5% em relação ao último negócio, faremos uma venda de 5% daquela ponta do nosso portfólio.

entenda mais sobre ajuste de carteira de investimentos

Assim, retornará a sua participação ao patamar anterior.

Para um H de 50%, seria uma venda de 2,5%, a metade.

Papéis voláteis como VALE3, USIM5, PETR4 apresentam resultados muito acima da média, quando utilizamos Alfas de 20 a 30%.

Na versão 2.0 da planilha teremos o balanceamento de forma ainda mais dinâmica, em um sistema online nos informará os papéis das empresas e a renda fixa, bem como o momento e a quantidade certa de comprar ou vender, tudo em tempo real.

O ‘alfa’ e o ‘H’ também serão dinâmicos e mudarão de acordo com a volatilidade de cada ativo. 

O Balanceamento Dinâmico e a ferramenta de controle que desenvolvi.

O método do Balanceamento Dinâmico é um projeto meu quem vem amadurecendo há mais de 10 anos.

Ele teve três fases até agora e quase ficou perdido no tempo.

Tivemos que correr atrás de outras coisas e, às vezes, eu  me pegava imaginando o balanceamento funcionando em todas as suas partes e detalhes.

Hoje temos um método e uma ferramenta superiores ao que está à disposição por aí.

Queremos pegar gráficos, balanços de empresas, dados econômicos, estatísticos, parâmetros de tendência e juntar tudo isso num único método e em uma única ferramenta.

Essa é a ferramenta que eu imaginava.

Acima de tudo, algo ideal para para ajustar uma carteira Barbell Antifrágil.

Ajudar a balancear a carteira de ações.

Assim como entrar e sair de operações com opções.

Igualmente, algo para fazer mudanças nas carteiras otimizando o resultado e fazendo compras e vendas a favor da maré e não contra. 

A princípio, nunca aceitei a ideia de fazer stops, sair no pior momento ou só comprar no meio da alta, nunca fez sentido para mim.

Uma das muitas vantagens da abordagem do nosso método é a de não ter que agredir o book de ofertas para comprar ou vender um ativo.

Chamamos essa vantagem nas ofertas de ‘slippage’

Vantagens que fazem do balanceamento dinâmico ótimo investimento.

No balanceamento dinâmico temos o slippage a nosso favor porque vendemos o ativo quando ele sobe e compramos quando ele cai.

Chegando a saber em que preço será nossa próxima venda e nossa próxima compra, podemos deixar essas ordens de venda e compra já ofertadas no quadro de ofertas. 

Antes de mais nada, no balanceamento dinâmico não temos stop.

Enfim, fazemos o inverso disso, vendemos quando o mercado está a nosso favor e compramos quando está contra.

Dessa forma, temos um benefício emocional adicional.

Em conclusão: a vantagem de ganhar mais nas entradas e saídas é o que importa muito. 

Ter um método que propicia tranquilidade emocional tem mais valor do que você pode imaginar.

Nos testes pudemos ver que:

• na maior parte das vezes é mais vantajoso ter uma exposição de 50% em um ativo, do que 100%.

E, ao fazer isso, assim também diminuirá a volatilidade e a exposição da sua carteira pela metade.

Por isso, mais do que só o sossego emocional, igualmente terá um risco menor.

Ainda mais, imagine ter uma carteira menos volátil e poder aumentar o seu retorno.

Ganhar mais dinheiro e perder menos dinheiro. 

Comece a usar a planilha de controle do balanceamento dinâmico.

Acesse: Canal do Roxo.

Estude sobre esse método que, em síntese, te permite ganhar mais dinheiro com seus investimentos e proteger o seu capital.

Lucrar e se proteger, usando meu balanceamento dinâmico.

Veja o que a combinação do Balanceamento Dinâmico com as estratégias de opções pode te proporcionar.

No balanceamento dinâmico você já sabe o preço da sua próxima compra e da sua próxima venda se o mercado cair, bem como se o mercado subir.

Afinal, porque não vender uma put com o preço de exercício de valor próximo ao preço da sua próxima compra?

  • Como assim, Roxo, como isso funciona? 

Se você vende uma put na mesma quantidade das ações para quando o mercado cair, 3 coisas poderão acontecer:

• a primeira é, quando o mercado cai abaixo do preço da sua próxima compra. Neste caso você irá a exercício e conseguirá comprar o papel pelo preço de exercício. Em suma, você compra o papel pelo preço que gostaria e embolsa o prêmio.

E, assim também, melhor do que isso, nas outras duas possibilidades que são:

• mercado parado, embolsa o prêmio.

• ou mercado subindo.

Enfim, você embolsa o prêmio uma vez que venceu e virou pó por não dar exercício.

Acima de tudo, é uma técnica que só ganha. 

Do mesmo modo, podemos vender uma call (opção de compra), com preço de exercício semelhante ao da próxima compra, vender a quantidade de opções da sua próxima venda e ganhar em qualquer das 3 alternativas do mercado.

Se o mercado sobe, você vende o papel pelo preço que queria e ganha o prêmio da call

Ganhar com balanceamento dinâmico em diferentes momentos do mercado.

E se o mercado ficar parado ou cair, você fica com o prêmio. 

Tudo isso vai melhorando muito seus ganhos no longo prazo.

No Balanceamento Dinâmico você também pode trabalhar unindo diversas formas de operar. Como por exemplo, o seguro de carteira

Bem rapidamente:

• seguro de carteira é uma ferramenta de compra e venda de volatilidade que só precisa do papel e não precisa da complexidade no uso dos derivativos de maneira desnecessária. 

O grande segredo é ajustar ‘H’ e ‘alfa’ de modo dinâmico e integrado para conseguir um gráfico de payoff acima de zero.

Já estou bem avançado nisso e esse conhecimento será aplicado no Polyface (o fundo que estamos montando) bem como no Oplab (nossa ferramenta de opções) e ensinado na medida do tempo.

Por todos esses motivos estamos apostando muitas das nossas fichas no fato de que o balanceamento dinâmico poderá ajudar um grande número de pessoas.

Sob o mesmo ponto de vista, profissionais e não profissionais poderão otimizar seus investimentos.

Em suma, ganhar mais dinheiro e proteger capital.

luiz fernando roxo.

luiz fernando roxo.

14 comentários

fique por dentro

receba gratuitamente as atualizações do blog!

siga-me

Não se acanhe! Entre em contato!

 

Luiz Roxo Comunidade Telegram

faça parte da minha comunidade no Telegram

Fazer parte de uma comunidade é fundamental para o seu processo de desenvolvimento. Isso ajuda você a tirar suas dúvidas e realmente aprender. Acesso a conteúdos EXCLUSIVOS! Para fazer parte, basta responder a uma pesquisa!


quero fazer parte.